A importância das redes sociais para o seu negócio e como melhorar sua taxa de conversão!

estrategia de conteúdo
O que é estratégia de conteúdo, como ela pode ajudar seu negócio e 5 segredos para alavancar sua marca!
31 de janeiro de 2016
o que é seo, o que significa SEO
O que é SEO e o que ele pode fazer pelo seu negócio
16 de fevereiro de 2016

A importância das redes sociais para o seu negócio e como melhorar sua taxa de conversão!

redes sociais, facebook, twitter, linked in, Google+, snapchat, Instagram, Blog, Pinterest

Olá pessoal, tudo bem? Eu tenho recebido alguns e-mails com perguntas sobre as redes sociais… Eu já falei num post do facebook e também no post sobre estratégia de conteúdo que só tem uma coisa pior do que não estar nas redes sociais: ter um perfil abandonado…

Mas eu andei pensando e acho que descobri uma coisa que é ainda pior do que essas duas situações acima: Estar em uma rede social sem um motivo definido, sem uma estratégia.

E se isso não faz sentido nenhum, me responda:

Por qual motivo você está nas redes sociais?

Provavelmente a sua resposta foi: para divulgar minha marca/ meu produto.

Mas… O que você está fazendo com esse público que fica sabendo da sua marca ou do seu produto? Você está levando eles para algum lugar? Essa divulgação está convertendo em vendas ou em leads? Ou você simplesmente está conseguindo curtidas e compartilhamentos?

 

Qual seu objetivo: ter vendas ou ter status nas redes sociais?

Alias, esse é um ponto muito, muito, muito importante e que precisa ser muito bem analisado!!

Quando você só tem curtidas e compartilhamentos, mas isso não converte em vendas para você, você só tem status nas redes sociais… mas status não paga as contas, nem os funcionários!

É importante ter algo a mais… Qual seu objetivo com a sua empresa? Se seu objetivo for virar uma celebridade da internet e monetizar através de anúncios e patrocínios, aí sim seu objetivo deve ser status, curtidas e compartilhamentos.

Aliás, essa estratégia serve para quem quer trabalhar com afiliados também… Você pode primeiro virar referência no assunto e depois começar a indicar seus produtos afiliados para esse público, mas esse é um caminho bem longo a ser percorrido. E mesmo assim, em algum momento você precisará levar essas pessoas que estão te seguindo para algum lugar, ou então não conseguirá vender nada!

redes sociais, facebook, twitter, linked in, Google+, snapchat, Instagram, Blog, PinterestJá se o seu objetivo é fazer vendas, você precisa levar essas pessoas das redes sociais para o seu site, ou para sua página de captura…

O que você prefere? Ter mil pessoas curtindo a sua publicação e ter 100 pessoas entrando no seu site para comprar ou ter 100 pessoas curtindo sua publicação e ter 1000 pessoas entrando no seu site?

Além da conversão, existe uma outra coisa que é importante você levar em consideração… Mesmo que você esteja em busca de virar uma  celebridade na internet, o quão profunda são as discussões nas redes sociais?

Você já parou para pensar na rapidez que as coisas acontecem nas redes sociais? Você curte algo sobre vida saudável e daqui a pouco já está curtindo e comentando algo sobre empreendedorismo e logo em seguida já está curtindo a foto da sua prima que viajou para praia…

Você não se prende em um assunto, você não se aprofunda…

As vezes você até se interessa por algo, mas aquilo passou tão rápido por você que não deu tempo de você agir, você já está em outro lugar, fazendo outra coisa…

Conheça a Pirâmide das Redes Sociais

E é por isso que é importante você conhecer a pirâmide das redes sociais e tentar levar as pessoas para a base da pirâmide…

redes sociais, facebook, twitter, linked in, Google+, snapchat, Instagram, Blog, Pinterest

No topo da pirâmide temos as Redes Sociais: aqui existem milhares de pessoas que estão dispostas a conversar sobre tudo.

A melhor estratégia aqui é: Segmentar seus posts para que eles apareçam exatamente para o seu público alvo, separe tudo por idade, gênero, localização, interesses. A partir disso, leve essas pessoas para outros lugares!

 

Na segunda parte da pirâmide temos os agregadores de noticias, como jornais, revistas, sites como G1, MSN, etc. A atenção que damos a esses sites também são passageiras… Só lemos o que nos interessa e logo vamos embora, sem interagir.

Mas devido ao espaço para os comentários, permite que as pessoas discutam um pouco mais a fundo sobre os assuntos, mas sem se aprofundar muito também.

A melhor estratégia aqui é a mesma das redes sociais: tentar de alguma forma levar esse público que se interessou pela noticia para o seu site ou para algum lugar onde você possa aprofundar a discussão.

 

Na terceira parte da pirâmide são as conexões por paixão, e aí temos um site que muitos consideram rede social: o Pinterest. De certa forma também é uma rede social, já que permite que a gente compartilhe as coisas, mas se você parar para analisar, lá não seguimos alguém por ele ser nosso amigo. Seguimos por ter interesses em comum, seguimos quem não conhecemos, desde que essa pessoa seja apaixonada por algo que nós também somos.

Compartilhamos coisas que amamos, que gostamos, que queremos. E tudo o que envolve paixão, converte muito mais. Portanto, quando compartilhamos algo no Pinterest, atraímos público qualificado.

E se compartilharmos as coisas de forma adequada, conseguimos levar essas pessoas onde queremos com facilidade!

A estratégia aqui é: compartilhar coisas já com o link do seu site, assim quem se interessar vai entrar para ler e pode acabar se tornando um fã!

 

Na quarta parte da pirâmide temos os sites de vídeos, e aí podemos incluir o instagram e o Snapchat também! E é por isso que essas redes sociais são tão legais! Por que mesmo sendo redes sociais conseguimos ter discussões mais profundas!

A estratégia aqui é: criar vídeos que engajem e com conteúdo relevante! Analise o que o seu público quer ver e aí sim grave seus vídeos.

 

Na quinta parte da pirâmide temos os blogs. Os blogs normalmente são feitos por pessoas, não por empresas, e isso já leva as pessoas a confiarem mais na opinião dos blogueiros.

Mas, além disso esses blogueiros se tornam líderes de pensamento, ou seja, se eu vou comprar um produto de beleza, ou se estou em busca das novas tendências de moda, o que eu vou fazer? Vou procurar os blogueiros que eu mais gosto e comprar a partir da indicação deles.

A estratégia aqui é: se você quer se tornar uma celebridade online, um blog pode fazer muito sentido! Crie um para você e mostre todos os seus conhecimentos!

Já se você é uma empresa, que tal entrar em contato com um blogueiro famoso da sua área de atuação e combinar um post patrocinado? Isso pode trazer milhares de consumidores querendo os seus produtos!

 

Já a base da pirâmide são as comunidades virtuais, e confesso que essas duas ultimas partes (os blogs e as comunidades virtuais) podem se confundir um pouco.

A comunidade virtual é um lugar onde as pessoas podem discutir um determinado assunto e só aquele assunto, ou seja, são sites de nicho onde têm informações relevantes sobre um assunto e um espaço para que as pessoas possam expor as suas opiniões, tirar dúvidas e até mesmo fazer críticas.

E é por isso que um blog também pode ser considerado uma comunidade virtual…Quando há espaço para comentários, isso permite que as pessoas interajam e então passa a ser uma comunidade virtual.

Por isso que é importante que mesmo você sendo uma empresa, que você tenha um blog, um site ou um lugar onde as pessoas possam entrar e se comunicar com você de forma profunda, que elas consigam tirar dúvidas e expor a opinião delas!

E aqui eu gostaria de lembra-los dos grupos do Facebook. Apesar do Facebook estar no topo da pirâmide, os grupos podem se encaixar nessas comunidades virtuais.

Em alguns países é muito comum ter vários fóruns sobre todo e qualquer tipo de assunto onde as pessoas podem entrar e discutir alguns assuntos, mas aqui no Brasil os Fóruns só fazem sucesso em alguns nichos. E os grupos do Facebook fazem o papel de Fórum.

Por isso é de se pensar se uma estratégia interessante não é fazer um grupo e uma fanpage no Facebook.

Lembre-se que a Fanpage é importante pois é através dela que você pode impulsionar seus anúncios de forma segmentada e aí sim levar as pessoas até as tais comunidades virtuais.

A estratégia aqui é: gere muito conteúdo relevante e estimule a discussão (saudável, claro), de assuntos que seja do interesse do seu público alvo. A partir daqui fica muito mais fácil você vender algo…

 

Resumindo tudo isso…

redes sociais, facebook, twitter, linked in, Google+, snapchat, Instagram, Blog, Pinterest

-Esteja nas redes sociais que seu público alvo está

-Faça postagens que interessem ao seu público, mas lembre-se de leva-los através da pirâmide, só assim você conseguirá gerar discussões mais profundas e consequentemente gerar vendas.

-Lembre-se que os grupos do Facebook são lugares importantes para você estar e divulgar seus produtos

-Blogs são importantes. Se você não quer criar o seu, invista em anúncios em blogs famosos sobre o seu nicho.

 

Espero que você tenha gostado desse artigo e que volte mais vezes para saber das novidades! Se você achou a estratégia legal mas não vai ter tempo para fazer tudo isso, que tal me contratar? Clicando aqui você pode solicitar um orçamento. 🙂

Os comentários estão encerrados.