Feliz dia da mulher e o que te faz feliz?

infogrfico-marketing-de-conteúdo
Infográfico – Como medir o marketing de Conteúdo
19 de fevereiro de 2016
por-que-não-estou-vendendo-crise-como-vender
6 motivos pelos quais seu ecommerce não vende, e a crise não está entre eles!
11 de março de 2016

Feliz dia da mulher e o que te faz feliz?

dia-da-mulher-alana3

Indo bem na contramão de tudo que costumo falar aqui no site, gostaria de fazer esse post de forma diferente… Primeiro porque quero falar somente com as mulheres que me leem (apesar de saber que alguns homens também estarão por aqui), e segundo porque vou falar sobre algo bem pessoal para mim…

O Empreendedorismo Feminino e as razões que me levaram a empreender.

dia-da-mulher-alanaBem, a parte bonita da história de como eu comecei a empreender, a maioria das pessoas sabem: eu estava fazendo um mestrado na USP, em Zootecnia e minha bolsa de estudos estava acabando, eu precisava me manter de alguma forma. E aí descobri que dava para viver escrevendo artigos para sites e blogs de outras pessoas. E lá fui eu me aventurar pelo mundo da internet.

As coisas estavam caminhando tão bem a ponto de eu resolver abandonar meu mestrado e cogitar se não seria uma boa ideia continuar com esses textos e viver viajando, quem sabe conhecer o mundo?

Sim, essa é a história bonita, mas o que aconteceu na verdade é que eu estava infeliz pra caramba. Eu não tinha acabado de trocar de projeto, eu não gostava do que eu estava fazendo, e perdi muito tempo para perceber isso.

Eu demorei 2 anos para conseguir entrar nesse mestrado, foram anos difíceis, e a hora que eu entro eu estou infeliz? Como assim?! Eu não aceitava.

Demorou, precisei de mais 2 anos para notar a infelicidade, precisei enxergar outras saídas na minha frente e precisei escrever textos para blogs por R$5,00 para poder perceber que eu podia jogar tudo pro alto e ser feliz.

Eu não fui viajar o mundo… Escrevendo por R$5,00 isso era impossível… E também tinham outros fatores, como por exemplo ter conhecido o meu marido.

Eu precisei de mais 2 anos e de muitas tentativas e um processo de coaching para chegar aqui. Meu site não saia, apesar de eu construir site para todos os meus clientes.

Eu não conseguia escrever um texto sequer sobre qualquer tema para o meu site, apesar de escrever para todos os meus clientes.

Eu precisei tomar um grande tombo e começar a pensar em desistir de tudo – de novo, para entender o quanto tudo isso é importante para mim, e o quanto tudo isso me faz feliz.

Sim, eu já pensei em desistir muitas vezes, e olhe que eu ainda estou bem longe de onde quero chegar!

E sabe porque estou contando tudo isso para você, hoje, no dia da mulher? Porque para mim, isso é ser mulher! E porque acho que mesmo distante do meu objetivo final e de ter atingido o meu sucesso, eu acredito que posso inspirar outras mulheres a não desistirem, a continuar fazendo o que ama, apesar de tudo…

Apesar dos hormônios, apesar da sociedade – muitas vezes machista – apesar da louça para lavar e da roupa que está se acumulando no cesto.

Porque quando fazemos o que amamos e quando encontramos aquele tal “propósito de vida”, fica mais fácil. Apesar da falta de apoio, apesar dos filhos chorando, apesar do relógio biológico gritando, apesar de todas as contas atrasadas no fim do mês.

Então, esse texto é para você, mulher, que pensa em desistir, que acha que já deu, que começa a se questionar se está no caminho certo, que pensa em todos a sua volta antes de tomar qualquer decisão…

dia-da-mulher-alana2Não desista! Se esse é o seu sonho, se você acredita estar no caminho certo, se tem um propósito maior por trás disso tudo, keep going. E aproveite a jornada. Aproveite aquele dia de TPM para trabalhar mais de boa, e aquela noite de inspiração para trabalhar a noite toda.

Aproveite aquele café da tarde com uma amiga e toda a liberdade que o empreendedorismo te dá. Mas aproveite também para trabalhar duro, porque sem isso você não vai chegar muito longe. Aproveite para se questionar sobre qual o objetivo disso tudo e porque mesmo você resolveu empreender… Aliás cole esse objetivo na parede e lembre-se dele todo santo dia.

Aproveite tudo, cada segundo. Afinal, no fim da história, se não tiver paixão, amor e intensidade, de que valeu todos os riscos?

Eu posso ainda não estar onde quero chegar, mas com certeza o caminho está sendo maravilhoso! E no fundo, é isso que importa: aproveitar a jornada!

Essa é a minha homenagem para todas as mulheres que visitam meu site! Espero que você continue, apesar de tudo. E se precisar de algo, conte comigo! Feliz dia da Mulher!

Os comentários estão encerrados.