O que é estratégia de conteúdo, como ela pode ajudar seu negócio e 5 segredos para alavancar sua marca!

redes sociais, facebook, twitter, linked in, Google+, snapchat, Instagram, Blog, Pinterest
A importância das redes sociais para o seu negócio e como melhorar sua taxa de conversão!
10 de fevereiro de 2016

O que é estratégia de conteúdo, como ela pode ajudar seu negócio e 5 segredos para alavancar sua marca!

estrategia de conteúdo

Estratégia de conteúdo são técnicas utilizadas para informar o cliente sobre o seu produto e a importância do seu produto, de forma que ele retribua comprando ou tomando a ação desejada (já que nem sempre estamos somente focados em vendas).

Acho que essa frase aí de cima resume bem tanto a definição de estratégia de conteúdo quanto como ela pode ajudar seu negócio. Num mundo perfeito só existiriam consumidores ideais e todos eles tomariam todas as ações corretas… Mas como na vida real não é bem assim, precisamos usar técnicas que nos ajudem a encontrar (e manter) os clientes ideais e ainda  leva-los a tomar as ações que desejamos…

Se você prefere assistir o vídeo em vez de ler, é só dar o play! 🙂 Obs: o vídeo está beeem mais resumido do que o conteúdo escrito!

As pessoas têm cada vez menos tempo…

estrategia de conteudo, marketing de conteudo, posicionamento, publico alvo, comunicação acertiva, persona, mareting digital

Qual foi a última vez que você parou para realmente ler uma matéria de revista dessas de fofoca sobre famosos (e não vale as vezes que você fez isso na sala de espera de um consultório médico). Se você parar para pensar, hoje a desculpa que todos nós usamos é: “Não tenho tempo para isso”.

As pessoas têm cada vez menos tempo, e ao menos que você consiga atingir essas pessoas com conteúdo realmente relevante e importante, dificilmente as pessoas vão parar para te dar atenção. Mas isso não basta. Você também precisa fornecer esse conteúdo da forma que elas querem e na hora que elas estiverem disponíveis para ler.

Imagine a seguinte situação: você está sozinho no carro dirigindo, para no semáforo. Uma moça simpática lhe entrega um panfleto. Você agradece, o sinal abre e você volta a prestar atenção no transito. Sobre o que era esse panfleto? Muitas e muitas vezes pegamos esse panfleto e jogamos fora sem nem ao menos ler ou saber do que ele estava falando… Talvez, se esse mesmo conteúdo tivesse sido entregue enquanto você estava do lado do passageiro, com outra pessoa dirigindo, você tivesse lido.

Talvez, se em vez de ser um panfleto fosse uma propaganda no rádio que você está ouvindo, você tivesse se interessado sobre o assunto e tentado se lembrar de saber mais sobre isso mais tarde…

Percebe como que a forma como as coisas chegam até você são importantes? Um conteúdo em áudio, na hora certa, para o público certo pode fazer muito mais sentido e engajar muito mais do que um conteúdo escrito em um momento em que você não pode ler…

E se com você é assim, com o seu público alvo também é! Agora imagine que seu público alvo costuma ir para casa de metrô ou de ônibus todos os dias após o serviço. E se ele pudesse aproveitar esse momento para ler alguma coisa sua? E se ele encontrasse, na frente dele, algo que fizesse sentido e o interessasse? Alguns detalhes (como por exemplo como o seu público costuma ir para casa após o serviço) fazem toda a diferença na forma e no horário que você vai entregar o seu conteúdo a eles.

Primeiro segredo: Conheça seu público alvo

estrategia de conteudo, marketing de conteudo, posicionamento, publico alvo, comunicação acertiva, persona, mareting digital

E é por isso que é tão importante conhecer seu público alvo. Quantas e quantas vezes, em cursos de marketing digital, você ouviu falar sobre persona, avatar, público alvo, audiência e se perguntou: “Mas para que vou usar todas essas informações sobre meu público alvo?” Não é somente para entregar a eles o melhor conteúdo, nem somente para conseguir atingi-los através das dores ou das motivações… Já que mesmo sabendo tudo isso, se você entregar esse conteúdo em um momento inapropriado, você vai ter taxas de conversões muito baixas…

Estratégia de conteúdo é unir as dores, as motivações, o conteúdo relevante, a forma e o horário de como entregar conteúdo para seu público alvo de forma que eles se interessem e que realizem a ação que você deseja.

 

Qual a diferença entre marketing de conteúdo e estratégia de conteúdo?

O marketing de conteúdo tem a finalidade de gerar lucro. E a estratégia de conteúdo tem a função de informar e tornar a audiência mais esperta, mesmo que isso num primeiro momento não te traga mais lucro.

Mas, pensando em médio prazo, a estratégia de conteúdo também traz lucro, uma vez que cliente informado é cliente comprador.

Como eu, que nunca vi você na minha vida, nunca ouvi falar de você vou comprar um produto seu?

Alias, aproveito para me apresentar, já que esse é o primeiro texto aqui do blog… Meu nome é Alana, e sou fundadora da Implementa Digital!

Agora você já sabe quem eu sou, mas se esse é o primeiro texto meu que você está lendo, se você não faz parte do meu círculo de clientes, muito provavelmente você não confia em mim…

E pode ser que você esteja gostando muito do meu texto e que daqui a pouco resolva contratar os meus serviços… Mas será que se você não estivesse gostando do meu texto, ou se você nunca tivesse lido coisa alguma sobre mim, você estaria pensando em me contratar?

E é por isso que a estratégia de conteúdo está entre o marketing de conteúdo (que é focado em vendas) e o jornalismo (com o objetivo de informar, sem visar lucro algum).

O objetivo da estratégia de conteúdo é viralizar os seus textos, viralizar seu conteúdo, seus serviços, sua marca, de forma que as pessoas ouçam sobre você, leiam sobre você e acabem por comprar seus serviços, assinar sua newsletter, curtir sua fanpage ou seja qual for a sua intenção. E depois disso vem o lucro.

A propaganda boca a boca ainda é uma das mais utilizadas, a única coisa que mudou é que agora o boca a boca é online, nas redes sociais, através de compartilhamentos, comentários, marcações, likes e shares. E isso é muito, muito, muito mais poderoso do que o boca a boca que estávamos acostumados…

Segundo segredo: Poste somente o que realmente for relevante.

estrategia de conteudo, marketing de conteudo, posicionamento, publico alvo, comunicação acertiva, persona, mareting digital

 

Uns tempos atrás eu publiquei um texto no Facebook e no Instagram falando que pior do que não estar nas redes sociais é ter redes sociais abandonadas… E isso é bem verdade… Mas sabe o que é pior do que ter uma rede social abandonada?

Ter uma rede social com um monte de conteúdo que não importa a ninguém.

Sabe aquelas mensagens de bom dia, boa tarde, boa noite, ou aqueles ursinhos piscantes que viviam povoando o falecido Orkut e que agora estão dando as caras pelo Facebook e Whats App? Então… isso é conteúdo irrelevante e que só atormenta quem está seguindo a sua Fanpage!

Imagine só: seu consumidor entra lá, querendo saber sobre determinado produto ou conseguir saber algo sobre o seu negócio e se depara com milhares e milhares de carinhas, bonequinhos e mensagens que não tem nada a ver com o seu foco, com o seu objetivo… O que ele faz? Fecha a página e vai embora!  E você? Perdeu a venda, perdeu o lead, perdeu o contato!

Agora se você tem conteúdo relevante, que fale sobre assuntos que o seu público alvo quer ler, demonstrando a sua autoridade, tenho certeza que essa pessoa vai curtir sua fanpage, procurar saber qual é o seu site, vai comentar, compartilhar. E é isso que você quer! É aí que começa a sua venda, demonstrando a sua autoridade e seu conhecimento.

Por que as pessoas gastam tempo lendo algo?

  • O conteúdo me faz mais inteligente
  • O conteúdo me da algo para falar
  • O conteúdo tem a ver com os meus interesses
  • O conteúdo tem algum elemento surpresa ou humor
  • O conteúdo é inspirador.

Agora vá até sua fanpage, sua conta do instagram ou até mesmo sobre o seu blog. As pessoas têm alguma dessas 5 razões para ler o que você escreveu? Se não, melhor apagar!

Terceiro segredo: Pare de criar personas baseadas em intuição

Aqui preciso primeiro explicar uma coisa: existe diferença entre persona e público alvo. Persona é o seu protótipo de público alvo, ou seja, quem você quer que seu público alvo seja, é uma pessoa com as características ideais.

Já seu público alvo é quem é. Ou seja, você não pode esperar que seu público alvo tenha TODAS as características da sua persona, isso seria o ideal, mas não é assim que acontece…

Mas o erro mais comum que vejo por aí quando vamos criar a persona é usar a intuição para fazer isso. Você precisa SABER quem realmente é seu público alvo, e não achar… Não é hora para adivinhações. Quando você fica achando que seu público alvo é de um jeito e ele é de outro, o que acontece? Você acaba montando todo o seu negócio e toda a sua comunicação e sua estratégia de conteúdo em cima de achismos… Ou seja, tem tudo para dar errado e desmoronar.

Quarto segredo: Pare de criar personas somente baseado em informações demográficas.

estrategia de conteudo, marketing de conteudo, posicionamento, publico alvo, comunicação acertiva, persona, mareting digital

É difícil, eu sei. As informações demográficas estão aí disponíveis para você, é fácil de conseguir encontra-las… Já as informações sentimentais, de como as pessoas se sentem, quais suas motivações, quais seus medos, quais suas dores, é mais difícil.

Montar a rotina dessas pessoas então, parece impossível. Mas não é. E é importante… Muito importante! Quanto mais difícil de medir a segmentação, mais sucesso você terá, mais vendas serão feitas, mais leads serão conseguidos.

Ninguém sabia que precisava de um iPhone até o iPhone ser criado… E hoje ele é objeto de desejo de todo mundo, e se você não tem um iPhone, muito provavelmente você tem um smartphone… E como isso aconteceu? Alguém notou essa necessidade no mundo mesmo antes de nós mesmos percebermos. E como isso foi feito? Através do conhecimento profundo do público alvo.

Quinto segredo: Pare de vender produtos…

E agora você deve estar se perguntando… Se eu vou parar de vender produtos, o que vou vender então?

Venda emoções, venda sentimentos. Por acaso você já viu algum comercial da Coca-Cola em que alguém fica implorando (ou até mesmo pedindo) para que você compre Coca-Cola? Não né? E o que a Coca-Cola vende? Felicidade, Reunião em família, Reunião com os Amigos, Prosperidade, Alegria, Bons momentos.

E é isso que você, mesmo que inconscientemente compra quando compra uma garrafa de Coca-Cola para a reunião de domingo…

Quando a sua marca, o seu negócio conseguir fazer o mesmo, vender sentimentos, vender experiências, aí sim você estará no caminho certo.

E se a Coca-Cola não foi um exemplo bom o suficiente para você, vamos pensar em um carro. Vamos imaginar que você está querendo comprar um carro… Todos os carros têm a mesma função: te levar de um lugar ao outro. Então por que você quer o carro x e não o y? O que te faz desejar uma Ferrari ou um Porsche? As sensações e experiências que esse carro vai te trazer. Uma Ferrari pode te fazer sentir mais jovem, ou pode te fazer sentir importante… Ou até mesmo pode te dar a sensação de segurança por ter investido o seu dinheiro muito bem…

E com o conteúdo não é diferente disso… Então antes de postar algo, pense: que tipo de sentimento quero passar para o meu público? O que eu quero que eles sintam? E a partir daí analise seu texto e verifique se ele está mesmo passando o que você deseja. Se não estiver, melhor revisá-lo ou até mesmo começar de novo!

E depois de criar esse conteúdo e checar se ele está mesmo adequado para o seu público alvo, chega a hora de divulga-lo, já que ao menos que você tenha um SEO muito bem feito, seu público alvo não chegará até você… E a parte de divulgação desse conteúdo também faz parte da estratégia de conteúdo, mas falaremos disso em um próximo artigo!

Você gostou desse texto? Ficou com alguma dúvida? Será um prazer conversar com você, basta deixar um comentário!

10 Comentários

  1. Priscila disse:

    Muito bom! Obrigada elas informações e parabéns pelo texto.
    Foi muito útil para mim e com certeza vou aplicar as ideias q aprendi aqui.

    • Alana Dizioli disse:

      Olá Priscila! Fico feliz que você tenha gostado! Qualquer dúvida na hora de aplicar pode voltar aqui e perguntar! Um bom dia!

  2. Carol disse:

    Adorei as dicas, ajuda muito quem está começando, assim como eu 🙂

  3. Delaila disse:

    Ótimo texto Alana! Me ajudou muito, pretendo colocar as ideias em prática.

  4. Janaina disse:

    Olá Alana. Amei seu texto. Confesso que tenho muita dificuldade em definir meu público alvo e automaticamente de gerar conteúdo. Preciso rever isso urgentemente, pois minha página está parada e não estou tendo nenhuma perspectiva de venda. Me ajude Alana!

    • Alana Dizioli disse:

      Olá Janaina! Definir o público alvo não é uma tarefa muito fácil mesmo! Mas o que facilita muito para mim são as redes sociais. O trabalho tem que ser investigativo mesmo, não no “achismo”, não é o que você acha, sabe? É o que é. Uma dica é você selecionar algumas pessoas que já compraram de você e ir até o perfil das redes sociais delas e ver sobre o que elas falam, qual a faixa etária, se tem filhos ou não, enfim, informações mais básicas. Depois você pode pensar em coisas mais difíceis, como o sentimento delas, por exemplo, o que as motivou a comprar? Elas compraram para solucionar algum problema ou para realizar algum sonho? Qual o problema que o seu produto soluciona? Ou qual o sonho que o seu produto realiza? Você tem que olhar tanto para o seu produto quanto para o cliente e fazer a conexão. Por que as pessoas compram?
      Esse assunto e´bem extenso, acho que vou acabar fazendo um texto só sobre isso! Mas espero que isso seja suficiente para te dar um norte! E lembre-se: as informações têm sempre que ser baseadas na verdade, e não no que você acha! Mas não fique parada, dê o primeiro passo e vá ajustando suas estratégias aos poucos! Simplesmente coloque-se em movimento e aos poucos as coisas vão acontecendo! 🙂

  5. […] Se você quer saber mais sobre estratégia de conteúdo e como ela pode ajudar o seu negócio, já escrevemos sobre isso aqui. […]

  6. Victor disse:

    Apresentar soluçoes de problemas para o público é muito importante para o sucesso de uma empresa.