Como criar conteúdo para blog – guia passo a passo

organizacao-empreendedor-2017
Empreendedor, organize-se para 2017
18 de outubro de 2016
como fazer um planejamento estratégico
Como fazer um planejamento estratégico
20 de outubro de 2016

Como criar conteúdo para blog – guia passo a passo

como criar conteúdo para blog, produção de conteúdo para blog e site

Olá, tudo bem? Esse é um guia de como criar conteúdo para blog. Nele eu vou ensinar todos os meus segredos de produção de conteúdo com SEO otimizado! Se você preferir, pode dar o play e assistir o mesmo conteúdo em vídeo!

Conhecimentos prévios necessários

Para você conseguir compreender esse guia completamente e conseguir tirar melhor proveito dele, eu sugiro que você primeiro se familiarize com os conceitos básicos de SEO, além de baixar nosso check list de SEO gratuito e dar uma olhada.

Além disso, também é importante que você saiba como fazer busca de palavras chave no Google. Para isso, você pode ir para a aula 3 do nosso curso de criação de sites com SEO otimizado.

Vai lá, da uma olhada em tudo isso e depois volte aqui! : )

 

Guia de produção de conteúdo para sites e blog

 

#1- Conheça seu público alvo

A primeira coisa que eu recomendo que você faça é uma análise de público alvo. Nesse texto sobre Estratégia de Conteúdo a gente já conversou sobre Público Alvo e eu já te contei algumas coisas que você precisa saber sobre ele.

Por que é importante conhecer seu público alvo antes de começar a produzir conteúdo? Simples. Vamos supor que você tem um site de artesanato. E você não conhece seu público alvo. Você pode produzir conteúdo tanto de festas infantis handmade quanto de caixas personalizadas. E tudo bem que os dois conteúdos são sobre artesanato. Mas se você conhecesse seu público alvo e soubesse que a grande maioria das pessoas que estão lá têm filhos, você produziria muito mais conteúdo sobre as festas infantis do que sobre as caixas personalizadas.

Se você conhece seu público alvo, fica mais fácil descobrir sobre o que escrever no blog.

Ah, e se você já tem o google analytics configurado, aqui nesse texto eu expliquei como você faz para ver os interesses de quem visita seu site. Isso é bem útil na hora de escolher os assuntos a serem abordados!

#2 – Tendo ideias

Depois de definido que tipo de assunto seu público alvo quer saber, identifique seus principais concorrentes e anote alguns textos que você acha que poderia escrever também.

Se você quiser, também pode ir lá no planejador de palavras chave do Google e colocar o site deles lá. Assim você já tem ideia de quais palavras chave trabalhar e consequentemente qual assunto abordar.

Eu também uso o pocket para ir guardando todos os textos de blog que eu encontro por aí e que eu gosto. Assim quando eu fico sem ideias, é só correr lá e me inspirar.

 

#3 – Planejamento

Depois de definido sobre o que seu público alvo quer ler, e já ter selecionado algumas palavras chave, comece a se planejar! Nesse texto onde eu explico como escrever mais rápido e melhor, eu também falei sobre planejamento.

Normalmente eu faço um planejamento anual, mensal e depois semanal, e você pode ver mais detalhes sobre esse planejamento aqui.

Mas no planejamento mensal eu já monto meu calendário editorial de todo conteúdo do site, inclusive o de divulgação.

Ou seja, eu pego uma planilha como essa aí da foto e já anoto tudo o que vou falar durante o mês todo. Inclusive o que será publicado em cada uma das redes sociais.

produção de conteúdo para blog e site, conteúdo para blog, conteúdo para site, como produzir conteúdo para blog, como produzir conteúdo para site

 

Assim já fico sabendo o que vou falar no blog e que tipo de post das redes sociais eu tenho que produzir. Fica beeem mais fácil.

 

#4 – Produção de conteúdo para blog e site

produção de conteúdo para blog e site, conteúdo para blog, conteúdo para site, como produzir conteúdo para blog, como produzir conteúdo para siteNão importa como você chama, de blog ou de site, na hora de produzir conteúdo, a história é sempre a mesma. Você precisa aplicar a técnica da pirâmide invertida.

A técnica de escrita usando a pirâmide invertida é relativamente simples. Você começa com um “resumo” do que será abordado no texto.

Normalmente quando vamos fazer redação na escola aprendemos que devemos fazer uma introdução, depois o conteúdo e depois o fechamento do texto, certo? O que fazemos quando vamos criar conteúdo para site ou criar conteúdo para blog é usar essa introdução para já contar para o leitor tudo o que vamos abordar no texto.

Fazemos isso por que na internet é tudo muito rápido, as pessoas são muito dinâmicas e querem saber logo de cara se seu conteúdo vai responder a dúvida delas.

Então, já conte logo tudo o que você vai fazer e depois venha detalhando no corpo do texto.

É como se o resumo viesse primeiro de tudo e em seguida o conteúdo em si.

Uma coisa importante é que esse resumo deve ser pequeno, cerca de 8 linhas. Nada maior do que isso. Depois, no segundo parágrafo, você pode colocar alguma prova do que você está falando, com alguma referência a algum site famoso por exemplo. Assim as pessoas se sentem mais confiantes em ler seu texto, sabendo que a informação é realmente verdadeira.

Além disso, escreva em parágrafos curtos! Nada de escrever 10 linhas em cada parágrafo. Normalmente eu não escrevo mais do que 4 ou 5 linhas, mas dizem por aí que o limite é 8.

E, para finalizar a nossa parte técnica da escrita, quebre seu texto em vários subtítulos. Isso ajuda a pessoa a ir direto na informação que ela precisa, sem precisar ficar realmente lendo o texto todo.

Quando a parte de produção de conteúdo, o importante é ir direto ao ponto. Se você fez uma pergunta, responda-a. Ninguém tem tempo para ficar perdendo. As pessoas querem encontrar a informação que precisam, não ler um romance.

Explique detalhadamente, mas lembre-se de que tem gente que não quer se aprofundar tanto no assunto.

Uma forma legal de você abordar conteúdos complexos e que precisam de muuuita explicação é criar vários textos. Por exemplo, nesse texto aqui eu já falei para você ir para diversos outros textos. Agora imagine se eu estivesse tentando escrever tudo isso em um único texto? Com certeza o texto ficaria gigante e quase ninguém ia ler.

Então, se você tem que falar de um assunto amplo e complexo, divida em vários textos e vá linkando um com o outro. Assim o leitor só vai para onde interessa.

 

#5 – Conteúdos complementares

Depois de tudo isso, é hora de encontrar conteúdo que complemente o que você disse. Pode ser de outras fontes, não tem problema. Se você puder você mesmo gerar os conteúdos complementares, ótimo. Se não puder, pegue o vídeo de alguém que você sabe que fala muito bem sobre determinado assunto e coloque no seu post.

Isso agrega valor e ajuda as pessoas a entenderem o que você está falando.

Tipos de conteúdos complementares para blog:

  • Infográficos
  • Ebooks
  • Checklists
  • Vídeos
  • Imagens
  • White paper
  • Quiz
  • Desafios

 

#6 – Otimização SEO

produção de conteúdo para blog e site, conteúdo para blog, conteúdo para site, como produzir conteúdo para blog, como produzir conteúdo para siteChegamos finalmente ao último tópico do Guia de Como Criar Conteúdo para Site e Blog. O último passo é fazer a otimização SEO. No nosso checklist tem o processo bem detalhado, mas eu vou te dar uma dica extra, que não tem lá.

Não otimize o seu texto para uma única palavra. Existe uma coisa chamada análise semântica e que é muito útil na hora de fazer otimização SEO. É um pouco mais complexo do que uma otimização normal, mas costuma trazer muito resultado!

Então antes de sair por aí lotando seu texto de palavra chave, olhe para a estrutura dele e pense como você pode aproveitar isso no seu SEO. Que palavras devem estar presentes e outras palavras chave relacionadas que pode fazer toda a diferença na hora do seu conteúdo ser encontrado nos motores de busca!

 

Espero que você tenha gostado do Guia de Como criar conteúdo para Blog! Se ficou com alguma dúvida, comente! Vai ser um prazer te ajudar.

Os comentários estão encerrados.